quinta-feira, agosto 02, 2012



SEJA UM EDIL DIFERENTE

Se formos analisar o que é ser um EDIL, veremos então, que este deveria ser um cargo ocupado por apolíticos, ou seja, pessoas não ligadas a política partidária, mas, competentes, bastante honestas e mais especificamente, pessoas de firme propósito em trabalhar pelo povo e fazer cumprir seus compromissos. O edil moderno é aquele cara que só visa status e dinheiro, haja vista que hoje vemos em nossas portas, nas ruas, nos palanques, na programação política, muitos candidatos a Edil, com suas promessas e projetos mirabolantes, muitos até despreparados, vê-se pelos discursos totalmente incoerentes, mas quando chegam a nossas portas ai é que vemos o jeitinho esdrúxulo de ser de cada um deles: sorrisos, abraços, apertos de mãos e promessas de todos os tipos, sabendo eles que são incapazes de cumpri-las, e quando estão fazendo comícios é o cúmulo dos absurdos, só muda a cara, pois a tautologia assume o papel único em cada discurso, é incrível o abuso desses que almejam tanto tornarem-se Edis, quando conseguem jamais voltam as comunidades e se alguém que trabalhou para eles o procura são ignorados com toda a classe que só eles sabem ter, nunca estão e/ou estão em reuniões algo desse tipo, desde que não recebam essas pessoas para não ter que ser cobrado pelas promessas não cumpridas, mas, se você for um bom observador e gosta de se informar sobre os rumos da política no seu estado verá em pouco tempo, que o que os edis prometeram não tiveram a dignidade de cumprir, mas, se formos ver aqueles a quem os pseudo-edis prometeram e realmente cumpriram as promessas, veremos mais especificamente, em seus gabinetes grande parte dos parentes e amigos trabalhando e ganhando belas gratificações, isto é, quando estão trabalhando. Como estamos falando de política, claro que o que supracito, não se trata de NEPOTISMO, trata-se apenas de uma bela troca de favores, e assim, acontece em cada ano de política em todos os estados da nossa querida Pátria Amada, principalmente aqui na capital do Estado/RN.  EDIL: Esse título era concedido aos membros da junta de magistrados eleitos anualmente na antiga Roma.
Seja um Edil (vereador) diferente

Não prometa o que não pode cumprir, diga apenas que se for eleito se esforçará para executar todo o seu projeto de campanha;
Não ofenda seus adversários, os tratem com respeito, seus objetivos são os mesmos;
Não subestime a inteligência das pessoas de comunidades humildes, lembre-se que um dia vocês irão voltar, use da honestidade ao menos uma vez, cumpra o que prometeu;
Eleição não acontece só no momento em que você se dispôs a candidatar-se;
Seja sincero nos seus discursos, tautologia é para os tolos tenha cautela ao pedir votos à população;
Lembre-se de que antes de ser um Edil, você era um homem do povo.
Caríssimos candidatos:
Não faça da Arte do bem falar, uma arma de dois gumes; seja simples, pois nem todo mundo é fácil de convencer, assim como nem todo candidato é um mestre da persuasão.
Não estou tentando convencer-lhes de que irão mudar o mundo da política com um novo paradigma de edil, haja vista, que ninguém conscientiza ninguém, apenas apelamos para a sensibilidade daqueles que se dizem aptos a nos representar na câmara municipal.
Por: Esoj.Otrebor

Um comentário:

M. C. Garcia disse...

Eis um Artigo que os pretensos candidatos a Edil teriam que ler, pois que mesmo que não viessem nada a fazer sobre o que falas, ao menos, serveria para uma boa reflexão. E nós, eleitores, não seriamos quão injustiçados com as suas falácias. Um bom texto, parabéns!

M. C. Garcia